Campeonato Paulista de Beach Soccer acontecerá neste final de semana - FEBS-SP 
Logo_FEBS-SP



16/04/2014 18h43 - Atualizado em 17/04/2014 18h44

Campeonato Paulista de Beach Soccer acontecerá neste final de semana

Seis equipes brigarão pelo título Paulista de 2014 neste final de semana no Pelezão

Publicado por FEBS-SP

Campeonato Paulista de Beach Soccer 2014 Campeonato Paulista de Beach Soccer 2014 - Foto: REINNO MEDIA


.
CAMPEONATO PAULISTA DE BEACH SOCCER - 2014
Categoria - Sub 17


REGULAMENTO GERAL


Capítulo I:
Da Organização, Promoção e Direção.

Artigo 1º:  O evento terá organização e direção da Federação de Beach Soccer do Estado de São Paulo, com apoio da Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação da cidade de São Paulo, F. Mazza Produção de Evento e Reino Comunicação.

Artigo 2º:  O Departamento Técnico da Federação será responsável pela logística de jogos, pela regulamentação, documentação, tabela de jogos e homologação dos resultados.


Capítulo II:
Dos objetivos

Artigo 3º:  O objetivo principal é a integração social e desportiva dos participantes e a divulgação do Beach Soccer como alternativa esportiva para a melhoria da qualidade de vida e lazer.

Artigo 4º:  O campeonato ainda tem como princípios filosóficos de trabalho:

I  Da participação, estimular a autonomia e autogestão de processo de descentralização que conduza a solução de problemas a partir da própria realidade, necessidade e demandas locais;
II  A democratização do esporte;
III  A descentralização, conquistada pela autogestão e autonomia nas ações e procedimentos, valorizando-se o conhecimento, a atitude e a busca de soluções baseadas nas próprias necessidades;
IV  A educação, conquistada através do desenvolvimento de uma nova cultura de saúde, esporte e lazer;
V  A ética respaldada pelas ações claramente sustentadas em fundamentos filosóficos e no conhecimento cientifico culminando com a efetividade de comprometimento de clubes, secretarias, instituições e pessoas físicas com todos os segmentos da sociedade.
VI  A interação assegurada pelo funcionamento harmônico e integrada de todos os participantes.


Capítulo III:
Das Inscrições de Equipes e Atletas

Artigo 5º:  As equipes participantes deverão confirmar sua presença via e-mail até o dia 17 de abril de 2.014 via e-mail, respondendo a carta-convite enviada.

Artigo 6º:  Cada equipe poderá inscrever até quinze atletas e mais dois dirigentes que deverão ser conhecedores das Regras Oficiais de Beach Soccer e deste Regulamento.

Artigo 7º:  A pessoa física inscrita em uma determinada categoria poderá atuar em outra categoria da mesma equipe, desde que seu nome esteja nas respectivas Relações Nominais.

Artigo 8º:  A responsabilidade de saúde dos atletas participantes ficará sob a responsabilidade única e exclusiva de cada atleta e de sua equipe.


Capítulo IV:
Do Congresso Técnico e Regulamento.

Artigo 9º:  As equipes deverão designar um responsável para participar do Congresso Técnico que ocorrerá no dia 19/04/2.014 às 8:00 horas no CEE Edson Arantes do Nascimento, sito à Rua Belmont, 975, Alto da Lapa para retirarem documentação pertinente ao evento.

Cláusula Concordativa: Todas as pessoas participantes (físicas e jurídicas) são conhecedores deste Regulamento, das Regras oficiais do Beach Soccer e elegem a Comissão Disciplinar da Federação de Beach Soccer do Estado de São Paulo como única e exclusiva na esfera desportiva, não cabendo qualquer apelação na Justiça Cível.


Capítulo V:
Da Arbitragem

Artigo 10º:  A escala dos árbitros será feita pelo Departamento de Arbitragem da Federação de Beach Soccer do Estado de São Paulo e todos os árbitros atuantes são do quadro da Federação, Confederação Brasileira ou FIFA.

Cláusula Única: Não será aceito veto de qualquer árbitro.


Capítulo VI:
Da Forma de Disputa e Pontuação.

Artigo 11º:  Será disputado pelas equipes inscritas e a fórmula de disputa de cada categoria será apresentada no Boletim Informativo 01.
Artigo 12º:  A primeira fase será diante de jogos eliminatórios (19/04/2014) e na segunda fase serão realizadas as semifinais, disputa de 3ª colocado e Partida Final (20/04/2014).

Artigo 13º:  A equipe que não comparecer para a disputa de jogos, será perdedora por WO. A equipe ficará suspensa por dois anos de todos os eventos promovidos pela Federação e todos os atletas da relação nominal da equipe também ficarão suspensos por dois anos de todos os eventos da Federação.

Artigo 14º:  As vitórias em tempo normal valerão 03 pontos, as vitórias em prorrogação ou pênaltis valerão dois pontos. Derrotas não terão pontuação.

Artigo 15º:  Os critérios para desempate de pontuação serão:

a)  Maior número de pontos
b)  Maior número de vitória em tempo normal
c)  Saldo de Gols
d)  Maior número de gols marcados
e)  Pontuação Disciplinar (soma dos cartões recebidos. Amar. = 1 / Verm. = 5)
f)  Sorteio Público.


Capítulo VII:
Da Premiação.

Artigo 16º:  Serão premiados com medalhas e troféus o primeiro, segundo e terceiro lugar do torneio.

Artigo 17º:  Será premiada com o “Troféu Fair Play” a equipe que: Avançar à segunda fase da competição, receber a menor quantidade de cartões e cometer o menor nº de faltas.

Artigo 18º:  As premiações serão entregues ao término da partida final, devendo os atletas receberem as mesmas uniformizados.


Capítulo VIII:
Dos Uniformes

Artigo 19º:  As equipes deverão usar camisas iguais e numeradas. Os shorts deverão ser iguais entre os atletas com numeração facultativa.

Artigo 20º:  As equipes deverão possuir pelo menos dois jogos de uniformes diferentes. Em caso de coincidência a equipe que estiver à esquerda da tabela deverá providenciar a troca.

Artigo 21º:  A solicitação de troca de uniformes é de exclusividade da equipe de arbitragem da partida.


Capítulo IX:
Do local de Jogos, Datas e Horários.

Artigo 22º:  A tabela completa de jogos sairá no Boletim Oficial 01 e deverá ser rigorosamente cumprida.

Artigo 23º:  Haverá tolerância de 20 minutos apenas para o primeiro jogo do período.


Capítulo X:
Normas Técnicas e Disciplinares

Artigo 24º:  As regras utilizadas serão as regras oficiais da FIFA, exceto as alterações previstas neste regulamento.

Artigo 25º:  As punições disciplinares em jogo serão de advertência (Cartão Amarelo) e de expulsão (Cartão Vermelho), sendo acumulativo para toda a competição. Os cartões amarelos serão zerados ao término da primeira fase.

Artigo 26º:  O atleta que receber três cartões amarelos consecutivos ou não na fase deverá cumprir uma partida de suspensão.

Artigo 27º:  O atleta ou membro de comissão técnica que for expulso deverá cumprir automaticamente suspensão na partida subseqüente ao jogo que foi expulso.

Artigo 28º:  Independente das sanções disciplinares aplicadas a Comissão Disciplinar poderá ainda:
- aplicar maior número de partidas de suspensão
- eliminar da competição o infrator
- eliminar da competição a equipe
- suspender de competições futuras atletas e equipes.

Artigo 29º:  O responsável pela equipe deverá conferir os dados da súmula de jogo e questionar qualquer possível irregularidade, ainda no terreno de jogo, junto à equipe de arbitragem ou a seu responsável. Os dados em súmula serão considerados verdadeiros e incontestáveis.

Artigo 30º:  Os atletas que receberem punições disciplinares terão seus nomes e o tipo de punição que receberam publicados no Boletim Oficial referente à rodada, porém, é de exclusiva responsabilidade o controle de cartões por parte das equipes.

Artigo 31º:  A equipe que utilizar atletas irregulares (não inscritos ou suspensos) será considerada perdedora da partida pelo placar de dez a zero e mais sanções disciplinares.

Artigo 32º:  Os recursos deverão ser protocolados junto ao Departamento Técnico da Federação manifestando no ato do término da partida a vontade e de maneira formal em até 03 horas do término do jogo. A equipe que impetrar o recurso deverá apresentar as provas da acusação. Não caberá recurso contra decisões de arbitragem.

Artigo 33º:  Todos os participantes deverão observar conduta moral, ética, esportiva, social e adequada para o local de competição.


Capítulo XI:
Das Disposições Gerais

Artigo 34º:  Os casos omissos a este Regulamento serão resolvidos pelo Departamento competente à situação (departamento de registros, departamento técnico, comissão de arbitragem, comissão disciplinar, presidência) e homologado, sendo a decisão incontestável.


“Beach Soccer: o esporte com a cara do Brasil!”


 

Publicidade

Últimas notícias da FEBS-SP

22/10/2018 19h33

13/10/2017 19h24

10/10/2017 17h31

VIVA O BEACH SOCCER !!!

Muito Obrigado !!!

31/07/2017 17h40




Publicidade

Institucional 300x300


Publicidade

Institucional 300x300


Publicidade